fbpx

Moneyball: uma aula de gestão

Moneyball: uma aula de gestão

Você sabia que os filmes esportivos carregam uma conexão muito forte com o mundo dos negócios?

 

O filme escolhido para o review de hoje é, com toda certeza, diferente de todos que você já viu, ele é uma verdadeira aula de gestão administrativa.

“Moneyball” apresenta uma problemática comum no universo esportivo, que é a “gestão do negócio” através da trajetória “do homem que mudou o jogo”. E tudo começa quando esse gerente geral do time de beisebol Oakland Athletics, Billy Beane, encara o problema por outra perspectiva, de forma lógica, e identifica o real gargalo no jogo.

Baseado no livro Moneyball: The Art of Winning an Unfair Game, de Michael Lewis, dos fatos reais ocorridos durante a Major League Baseball de 2002, a adaptação mostra a inacreditável sequência de 20 vitórias consecutivas do time com os menores salários da liga daquele ano, estabelecendo um novo recorde. 

Mas como tudo isso foi possível? Quando o gerente do time conhece um economista, Peter Hill, que nunca jogou uma partida de beisebol em toda sua vida, mas que coloca sua visão de que “os dirigentes dos times de beisebol pensam em termos de comprar jogadores, o objetivo não deveria ser comprar jogadores, devia ser comprar vitórias”. Esse gatilho, unido à mentalidade diferenciada de Billy, voltada para o Business, mostram que esse poder da intuição somado ao correto entendimento de informações vitais, fazem toda a diferença no jogo. E isso se aplica para qualquer projeto ou tipo de negócio.

 

E que tipo de bordões você vai ouvir nesse filme?

“pensamento medieval”

“estão fazendo as perguntas erradas”

“qual é realmente o problema?”

“o que precisamos para minimizar nossos defeitos?”

“vamos mudar as probabilidades”

“se adapte ou morra”

“quando os números não batem, você tem que mudar seu jogo”

“seja um líder, saiba extrair o melhor do seu time”

“usando as estatísticas como as lemos, veremos nos jogadores valores que ninguém mais vê”

 

Essas e muitas outras citações você vai encontrar nesse filme! Tenho certeza que algumas dessas já devem ter passado na sua cabeça quando falava de negócios. E por isso, coloco aqui como principal lição tirada dessa aula de gestão que é o Moneyball, que foi o “pulo do gato” ou ainda o “olhar fora da caixa”, que, ao analisar os jogadores, de forma estatística e não por sua popularidade, perceberam que aqueles com baixo valor de mercado, se destacavam como atletas mais competentes em determinados fundamentos. E tendo esses dados na mão, foi possível extrair de cada um, aquilo que um líder deve fazer com sua equipe, O MELHOR!

Claro que nada aconteceu da noite para o dia, ele quebrou a cara algumas vezes, até conseguir validar seu processo, e mesmo enfrentando uma feroz oposição por parte do técnico do time, e o desdenho de várias outras pessoas sobre seu método, ao corrigir as falhas e valorizar as potencialidades de cada jogador dentro do jogo, tornou um time que era considerado o pior, por ter jogadores individuais considerados fracos, em uma equipe vencedora.

E por isso afirmo que o Moneyball é um filme sobre negócios!

 

Fica aqui esse pensamento:

Nem sempre todos os negócios darão resultados positivos, assim como nem sempre todas as ideias serão bem aceitas no mercado profissional. Algumas vezes será uma experiência frustrante porque não existem respostas prontas. O que deu certo ontem, pode não funcionar mais amanhã, e cabe a você, como profissional da sua área, estar aberto para novas oportunidades.

E agora o meu convite:

Assista ao filme como um “olheiro”, e não como mero espectador. Descubra você também importantes lições para mudar a sua maneira de enxergar e alavancar sua carreira.

Lições do Moneyball:

Nunca desista do seu propósito;
A Vitória é só um momento, o caminho é a sua história;
Quando você está disposto a mudar, nem todos estarão com você;
As oportunidades se apresentam quando você observa o cenário;
Os resultados vem com o tempo, vivencie o presente;
A falta de dinheiro te obriga a ser criativo, então use a imaginação;

“É inacreditável o quanto você não sabe sobre o jogo que jogou toda a sua vida.”

 – Mickey Mantle

Nenhum comentário encontrado.

Sorry, the comment form is closed at this time.